Toxina Botulínica no tratamento de rosácea

4 de outubro de 2018 por Dr. André Lauth0
TOXINA-BOTULNICA-no-tratamento-de-roscea.jpg

Foi publicado neste mês na Surgical & Cosmetic Dermatology, uma das revistas mais respeitadas no meio da dermatologia, um novo estudo sobre o uso da toxina botulínica no tratamento da rosácea. A rosácea é uma doença vascular e inflamatória crônica, caracterizada pela vermelhidão (eritema) variável e permanente no rosto, vasos sanguíneos finos aparentes e pápulas e pústulas que lembram a acne.

Segundo o estudo conduzido no Ambulatório de Dermatologia da Universidade de Mogi das Cruzes, a toxina botulínica mais diluída, por meio de aplicação intradérmica (injeção superficial, “dentro da pele”) nas regiões afetadas pela doença, pode reduzir consideravelmente a vermelhidão e a sensação de ardência.

Os resultados da técnica ainda de acordo com o estudo, têm duração de até 6 meses. A aplicação é uma alternativa ao tratamento tradicional, tópico e oral. Para quem sofre com a doença e já tentou outros tratamentos sem sucesso, a aplicação do microbotox pode ser uma ótima alternativa!

E você? Sofre com a vermelhidão e ardência no rosto? Então procure seu dermatologista , pois existe tratamento!

Sobre a rosácea
Os primeiros sinais da rosácea são crises de vermelhidão na face. Estas podem começar cedo na vida, mas dificilmente a doença se manifesta antes dos 30 anos de idade. As crises vão ficando cada vez mais frequentes e duradouras. Com o tempo, algumas áreas do rosto, principalmente bochechas, nariz, centro da testa e queixo, podem ficar avermelhadas, com presença de vasos sanguíneos visíveis, inchadas e com lesões parecidas com acne. Os fatores mais comuns a causar as crises de vermelhidão são: banho quente, mudanças bruscas de temperatura, vento frio, exercícios, bebidas ou alimentos muito quentes ou apimentados, bebidas alcoólicas e fatores emocionais. É comum a sensibilidade a cosméticos em geral, até mesmo àqueles indicados para o tratamento da rosácea, e filtros solares.

Os tratamentos disponíveis atualmente são muito eficazes e o diagnóstico precoce previne complicações.


Comentar

Seu e-mail não será publicado no comentário. Campos obrigatórios marcados com *


Logo-Andre-Lauth-rodape- dermatologista curitiba

Responsável Técnico:
Dr. André Lauth - Dermatologista
CRM-PR 21.744

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Últimas Notícias

©2018 ANDRÉ LAUTH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS