Microagulhamento para tratamento de melasma

7 de outubro de 2018 por Dr. André Lauth0
MELASMA.jpg
Você já ouviu falar em microagulhamento? Esta é uma técnica que consiste no tratamento da pele por meio de múltiplas micro perfurações que, entre outras funções, tem sido usada com excelentes resultados no tratamento do melasma.
A maneira mais comum de se realizar o microagulahemento é com o uso de um dermaroller, equipamento descartável constituído por um cabo com um tambor giratório em sua extremidade (semelhante a um rolo de pintura). Neste tambor existem 192 microagulhas (pode variar de acordo com a marca) de 0.5 até 3.0 milímetros de comprimento. Com o paciente sob anestesia, o equipamento é passado sobre a pele a ser tratada em vários sentidos, causando milhares de perfurações. Estas perfurações provocam pequenos sangramentos, que atraem plaquetas e outros fatores, os quais promoverão um processo de restruturação, renovação e clareamento da pele.
Ele é bastante usado no tratamento das cicatrizes deixadas pela acne, de manchas e do envelhecimento, em qualquer tom de pele. É indicado no tratamento do melasma, especialmente se combinado à aplicação de um clareador tópico logo após a sessão. Aqui no consultório utilizo o NewMelan R.
Por ser um método que danifica pouco a superfície da pele, pode ser utilizado nos pacientes com pele mais sensível, naqueles que não responderam bem a tratamentos mais agressivos como laser e peelings, ou naquelas com tom de pele mais escuro, onde estes métodos são contra-indicados!
E lembre-se que o melasma é uma doença da pele e não uma simples mancha! Não basta apenas clarear. O mais difícil é manter os resultados e a maneira mais segura de conseguir isso é com a ajuda de um dermatologista, o médico especialista em pele.
Agende uma consulta para ajudá-lo no combate ao melasma.

Comentar

Seu e-mail não será publicado no comentário. Campos obrigatórios marcados com *


Logo-Andre-Lauth-rodape- dermatologista curitiba

Responsável Técnico:
Dr. André Lauth - Dermatologista
CRM-PR 21.744

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Últimas Notícias

©2018 ANDRÉ LAUTH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS