20 de julho de 2018 Dr. André LauthProcedimentos0

CRIOTERAPIA: UM MÉTODO SIMPLES, EFICAZ, POUCO DOLOROSO E BARATO PARA TRATAR DIVERSAS DOENÇAS DE PELE.

 

Introduzida na dermatologia na década de 60, a crioterapia ou, mais adequadamente, criocirurgia, consiste na cauterização (queimadura) controlada de lesões de pele, por meio da exposição a baixas temperaturas.
O equipamento utilizado é um recipiente metálico dentro do qual é colocado nitrogênio líquido, a – 195,8°. Após fechado, ele funciona como uma panela de pressão, mas com uma válvula que permite a saída do ar gelado de forma extremamente precisa, como você pode observar no vídeo.
Inclusive, as lesões que aparecem sendo tratadas são as popularmente conhecidas como “manchas senis”. Elas podem ser classificadas, basicamente, em dois tipos: as melanoses solares, menos frequentes na prática clínica e que respondem também a outros tratamentos, como a luz intensa pulsada ou à aplicação de ácidos; e as ceratoses seborreicas, que têm neste método seu principal e mais eficaz tratamento, com resultados bons e duradouros na maioria absoluta dos pacientes.
Outras doenças que podem ser tratadas com a criocirurgia incluem as “sardas brancas” (fiz recentemente um post sobre o assunto), verrugas (este é o melhor tratamento para verrugas plantares – “olho de peixe” – em minha opinião), granuloma anular, alopecia areata, ceratoses actínicas e até mesmo alguns tipos de câncer de pele.
Procure seu dermatologista e saiba mais!


Logo-Andre-Lauth-rodape- dermatologista curitiba

Responsável Técnico:
Dr. André Lauth - Dermatologista
CRM-PR 21.744

Todo conteúdo deste site tem caráter meramente informativo e não deve ser utilizado para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação.
Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Últimas Notícias

©2018 ANDRÉ LAUTH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS